Embalagens de aço

O aço é um dos materiais de maior desempenho na produção de embalagens. Com ele pode-se produzir invólucros resistentes e duradouros. Além da resistência e durabilidade citamos como exemplo inicial as embalagens que são destinadas a alimentos. Geralmente são fabricados em aço inoxidável e resistentes a intempéries, o que as tornam livres de corrosão e ferrugem.

As aplicações para esse tipo de embalagens são incontáveis e perde-se a conta do tanto de utilidade que elas oferecem. Uma das variações de embalagens, acho que podemos chamar assim, são as dos botijões de gás que são perfeitas para o transporte do gás natural liquefeito. O aço empregado na fabricação desse tipo de embalagens é formulado com base na exigência a que serão submetidas e devem dar suporte a pressão, peso e resistência a impactos.

Como exemplo de aplicações extremas, o aço 0N6 e 0N9 que são ferríticos de níquel podem suportar temperaturas extremamente baixas. São desenvolvidos em conjunto com a mesma tecnologia que permite produzir chapas com até quatro centímetros de espessura.

Contêineres de aço

Os contêineres de aço são utilizados para transporte de mercadoria por via marítima, e também podem se adaptar as carrocerias dos caminhões para translado até o destino final. São vários os tipos a começar pelo contêiner dry. De todos esse é de longe o mais comum que existe e por isso são bastante úteis em várias aplicações.

Eles são fabricados com aço corten que é mais resistente que o aço convencional e é projetado para suportar altas variações climáticas. Por padrão ele mede no comprimento 5,9 m x 2,35 m x 2,38 m de altura, sendo essas medidas consideradas internas.

Também tem a classe que serve para transportar produtos refrigerados e que são chamados de contêiner reefer. São indicados para acomodar produtos que tenham necessidade de controle de temperatura. Ele pode substituir com facilidade câmaras frigoríficas ou os caminhões com refrigeração. Geralmente são produzidos com aço inox e tem como acabamento no interior materiais como o poliuretano.

Esse tipo de contêiner tem capacidade de refrigeração que vai até menos 25 graus célsius. Quanto a utilização deve-se ficar atento a tensão em que o contêiner será ligado pois ele trabalha com rede trifásica.

Ainda entre os tipos de contêineres tem o Flat Rack indicados para transporte de máquinas e equipamentos de grande porte. Tem os que são projetados para carga a granel com aberturas em pontos estratégicos. Além do refrigerado que vimos acima também tem o que é ventilado com aberturas para entrada e circulação de ar.

Chapas de aço

Verificou-se entre os anos de 2006 e 2010 uma tendência de  de aumento por parte da CSN, conforme publicado pelo DCI em fevereiro de 2006. Nessa época então a importação de folha de flandres passou a ser vantajosa. Na época era uma diferença próxima de 30%, o que despertou em muitos que ainda não tinham grande conhecimento, o interesse por aprender importar e serem assim competitivos na produção de latas de aço.

Sem categoria